Casamento Carol & Gabriel

Casais!

Lembrando que semana que vem acontece o Casar & Viajar no JK Iguatemi, e para as noivas participarem, basta se inscrever no site do evento!!

Agora vamos ao que interessa, adoro quando contamos a estória completa dos casais por aqui! O Will you marry me? da Carol do Gabriel já saiu aqui no blog e foi muito fofo!

“Eu e o Gabriel começamos a namorar em Fevereiro de 2012 depois de uma fechada no trânsito que ele me deu, já tínhamos nos visto na academia, mas foi depois dessa fechada providencial que de fato o papo começou.

 Tudo aconteceu bem rápido, com 1 ano de namoro fomos morar juntos e em Junho de 2013 veio o pedido de casamento mega surpresa na festa junina do Clube Pinheiros, foi demais – já contei ele aqui no Say I do

Depois disso começamos a pensar no casamento, eu sempre quis me casar ao ar livre, mas como moramos em SP Capital as opções ficam mais restritas, visitamos alguns lugares em SP mas nada era como queríamos, e aí veio a idéia de fazer no interior e o casamento virar um final de semana com os amigos e família. Visitamos várias fazendas e afins, mas foi quando entramos na Fazenda Santa Barbara que nossos olhos brilharam e não tivemos nenhuma dúvida que era ali que queríamos.

Eu mergulhei de cabeça nos preparativos, cuidei de tudo bem de perto, coloquei a mão na massa, e aproveitei cada momento desses preparativos (que depois deixam saudade). A primeira coisa que escolhemos foi a banda Wonkas, que já conhecíamos e tinha que ser eles. 

O buffet veio logo depois, como a fazenda fica em Itatiba queríamos algo da região, e optamos pelo Ciarelli de Campinas, e que escolha feliz! Não conhecíamos o buffet, fomos em uma degustação, gostamos, ficou dentro do nosso orçamento e fechamos! Depois da festa eu ouvia elogios da comida todos os dias de todos os convidados.

A decoração que foi uma das escolhas mais difíceis porque é o que deixa o casamento mais lindo, fiz com a Laura Savicti, que foi um encanto! Ela conseguiu traduzir tudo o que eu queria, detalhes, cerimônia ao pé da árvore, ela realmente deixou tudo mais maravilhoso do que eu imaginei!

Foto e vídeo era algo que eu já sabia também, queria Mel e Cleber, porque de todos os vídeos de casamento que eu já tinha visto eu sempre chorava com os vídeos deles. A Stephany (@filhadamel_) fotografou meu casamento, e ela é uma queridona! Além de ter um olhar mágico, super atenciosa com todas as solicitações e com sorriso no rosto.

Outro ponto foi cabelo e make, como queria fazer o making off com as madrinhas na fazenda precisava contratar pessoas para nos deixar belas! E depois de muuuita procura encontrei a Janaína Rosa – fofa, querida e muito profissional. No começo fiquei com medo do tempo porque éramos em 10 mulheres, mas ela deu conta de tudo e todas adoraram o resultado!

Como não sou muito fã de doces de casamento enfeitados, queria algo que eu realmente achasse gostoso: brigadeiros, pão de mel e bombom com morango! E os doces foram esses da Dona Chocolate, que fez o bolo naked cake também e a Patisserie Verge. 

E agora pausa para 2 anjos – a estilista que fez meu vestido dos sonhos Iris Rocha e a minha assessora que virou amiga Roberta Canuto da Casa de Dois.

Eu sempre quis um vestido de manga longa, e é muito difícil achar um pronto de manga do jeito que eu já tinha na minha cabeça, a Iris conseguiu fazer exatamente o que eu queria, lembro que 1 dia antes do casamento fui na casa dela ver se estava tudo certo e minha mãe estava arrasada porque iria me casar sem nada na cabeça (queria uma coroa de flores, mas com a pressa e a grana que tinha acabado) já tinha desistido, e eis que surge a Iris com uma linda tiara de pedras que ela usou no casamento dela e me emprestou (muito amor!).

A Roberta foi o maior achado, a melhor surpresa! Me ajudou em tudo, foi amiga, parceira, ouvinte, e no dia conseguiu me surpreender ainda mais!

Mesmo com todos fornecedores ótimos adorei colocar a mão na massa e fazer coisas personalizadas como: lágrimas da alegria e os tecidos do bem casado (azulejo português), porta retratos com nossas fotos, câmera polaroid fuji instamax (onde os convidados tiravam fotos, colavam no álbum e deixavam uma mensagem), sparkles na saída, etc.

Se eu pudesse dar uma dica para as noivinhas seria aproveite, cada minuto, cada segundo, desde os preparativos, porque tudo passa muito rápido, e depois só fica a saudade desse dia!”

Olhem que lindas as fotos!

Imagem43

Imagem22

Imagem23

Imagem29

Imagem30

Imagem34

Amei essa foto na janela!

Imagem42

Imagem1

Imagem2

Imagem3

A decor estava tão linda!

Imagem4

Imagem5

Imagem6

Imagem7

Imagem8

Imagem10

Imagem11

Imagem12

Imagem24

Imagem25

Imagem26

Imagem27

Imagem9

Imagem20

Adoro essa emoção do noivo…!

Imagem21

Imagem15

Imagem17

Imagem18

Imagem19   Imagem33

Imagem37

Imagem38

Imagem40

Imagem35

Imagem36

Gostaram?

Say I do.

Gabriela & Pedro

Casais!

O casamento da Biba e do Pedro foi lindo! Mix super clássico: Nossa Senhora do Brasil (ao som do Maestro João Carlos Martins e sua orquestra, lindo né?) e festa na Sala São Paulo! A assessoria ficou a cargo da Boutique de 3 – com toda supervisão da noiva e da mãe da noiva que escolheram casa minimo detalhe!!. A decor foi feita por Vic Meirelles – que arrasou, beeeem romântico e clássico, do jeitinho que eu amo!!!

Eu pedi para Biba me mandar a história deles e olha o que ela me mandou: “Algumas semanas antes do casamento, o Padre que iria celebrar o casamento pediu que escrevêssemos a nossa história…E eu falei: “Pedro, já estou com a cabeça cheia com os preparativos, vocês escreve.” Bom, passaram alguns dias e então recebi no meu email a história abaixo. Fiz questão de te enviar exatamente como ele escreveu e como enviamos para o Padre. Cada vez que leio, é como se fosse a primeira vez, me emociono sempre”.

Ai gente! Não é muito fofo? Eu falo que esses maridos me surpreendem a cada dia!!! Agora segue a história que o Pedro mandou, preparem-se para se emocionar também!

 “Antes de contar nossa história acho que vale a pena mencionar algumas coincidências que são interessantes e falam um pouco de nós. Nossos pais tem a mesma idade e na infância foram amigos da “turma do baú”, estudaram na mesma classe a vida inteira. Porém com o passar do tempo os dois acabaram se afastando, com meu pai (Eduardo) vindo morar em SP e o pai da Gabi ficando em BH e depois se mudando pelo Brasil. Em 1997 quando minha família voltou para morar em BH, a Gabi se mudou com a família para SP. Eles foram morar em SP exatamente no mesmo condomínio que eu morava com a minha família, antes de nos mudarmos de volta para BH. A gente brinca que fomos um atrás do outro e o destino quis que a gente se desencontrasse.

Foi desta amizade entre nossos pais que vi a Gabi pela primeira vez na fila do show do Fat Boy Slim em 2007, que ocorreu na Praia de Botafogo (RJ). Conversei com o pai dela na fila e ele me apresentou a família, que o acompanhava no show. Depois deste evento nos revimos algumas vezes em baladas em SP. Foi em 2009 depois que ela voltou de viagem de férias com a família que começamos a ficar próximos. Como estávamos ambos solteiros começamos a nos encontrar com freqüência em baladas de SP, ela e as amigas sempre entrando comigo e os meus amigos, mas nunca dando muito papo. Após o carnaval de 2009 por um acaso do destino, descobri que minha estagiária (a Carol) havia passado o carnaval na casa dela. Foi a estagiária cúpida que me passou o telefone da Gabi e foi então que tudo realmente começou. Foram diversas trocas de SMS e tentativas de levá-la para sair, mas tímida como ela é, ela sempre encontrava uma desculpa, ora o tão famoso TCC, ora não podia, mas eu nunca desisti. Depois de tanto de insistir e com o apoio da Carol e das bens (as amigas) consegui convencê-la a sair, mas aí vieram as minhas férias.

Segundo a Gabi, minha despedida de solteiro na Croácia. Ela fala que achava que iria esfriar e não contava que mesmo distante eu iria enviar mensagens para ela. Foi no final de semana seguinte ao meu retorno das férias em agosto de 2009 que ficamos pela primeira vez na Pink Elephant. Depois deste dia, passaram se alguns meses e fui atrás dela em Trancoso para passarmos o reveillon juntos e no começo de janeiro de 2010, quando ela já estava começando a achar que estava sendo enrolada começamos a namorar. Foram dois anos e meio de namoro até o casamento e agora, estamos apenas começando a construção da nossa família.

Isto é um pouco de nossa história, a história de dois mineiros que se conhecerem em uma cidade de 20 milhões de habitantes e se já não estava escrito nos nossos destinos, não sei explicar o que é destino. São tantas coincidências que nos faz crer que o desde o começo o destino iria nos unir e nos possibilitar de construir uma vida e uma família com todos os valores que nossos pais trazem da nossa cidade”.

Agora o pedido e mais alguns detalhes do casório ficam por conta da noiva!!

O Pedido… “Com 1 ano de namoro começamos a falar sério em casamento e próximos passos. Já sabíamos desde o início que o nosso desejo era construir uma vida juntos e para isso, tínhamos que dar o próximo passo. Como não tínhamos muito tempo de namoro e eu me considerava nova para casar (eu 23 e ele 28) conversamos bastante sobre o assunto, não foi uma surpresa! Eu sonhava em casar na Igreja nossa Senhora do Brasil e sabia que para isso, precisava reservar a data, pois a agenda de casamentos lá é super concorrida. Conversa vai conversa vem, em fevereiro de 2011 decidimos ir juntos a Igreja para marcarmos a data. Mas ainda sim eu gostaria que ele me pedisse em casamento “como manda o figurino” e então decidimos que iríamos esperar esse dia, para contarmos aos nossos pais e amigos. Mas chegando na minha casa, após irmos a Igreja, encontrei minha mãe e não me agüentei…Começamos a chorar os dois e contamos para ela! Mas ainda sim, faltava o meu pai. Para que vocês entendam sou a filha caçula, temporona, de duas irmãs e um irmão…Podem imaginar como sou o baby da casa ne? No mesmo dia, algumas horas depois estávamos na varanda de casa eu, meu pai, minha mãe e o Pedro. Foi quando o Pedro começou a falar sobre o quanto me amava e que gostaríamos de construir uma família…E pediu a minha mão em casamento para o meu pai. Foi simplesmente maravilhoso! Rimos, choramos, nos abraçamos e abrimos uma champagne para comemorarmos. Que alegria!!!

Como ainda estávamos em fevereiro, decidi com a minha mãe que só iríamos começar a ver as coisas do casamento em maio/junho, ou seja, quase 1 ano antes do casamento. Neste meio tempo, em março, eu e o Pedro fomos para praia um final de semana. Chegamos a noite e eu falei “vamos dormir, estou com sono, amanhã quero acordar cedo para aproveitarmos o dia”. Ele não parava de insistir para irmos a praia, estava uma noite quente e estrelada. Fomos os dois para praia e chegando lá ele começou a falar as mais lindas palavras e então, me pediu em casamento, só nós dois. Ele me surpreendeu, quando eu nem imaginava mais, afinal já tínhamos data e já tínhamos contado para os nossos pais. Foi lindo!

Então estávamos noivos, com casamento marcado para 14 de julho de 2012. Era hora de decidir quem iria ser responsável pela assessoria do casamento e começar a organização. Essa foi a parte fácil, só poderia ser a Boutique de 3! A Gizella (querida!!!!) foi a responsável pelo meu casamento, em nos auxiliar e assessorar em cada detalhe. Elas transformaram todos os meus sonhos em realidade! A dupla Gizella + mamãe foi um sucesso, elas tiveram toda paciência e carinho do mundo comigo”.

O Casamento Civil…”Vários meses depois de marcarmos a data do casamento religioso, começamos a pensar no civil. Pensamos em algo simples, só para família e padrinhos. Foi quando tivemos a idéia de nos casarmos no civil em Belo Horizonte. Os pais do Pedro moram lá e toda minha família também (tios, primos, avô etc). Seria uma forma de prestigiarmos as famílias e as raízes mineiras. Decidimos fazer um almoço na casa de campo dos meus sogros e eles ficaram a cargo de toda organização. Reunimos as famílias, os padrinhos e amigos mais próximos…Foi emocionante. Minha sogra, super caprichosa e fofa, chamou até um carrinho de churros (meu doce preferido!)”. – idéia muito fofa que sempre dou para noivas que me pedem sugestão! Quando os noivos tiverem uma cidade natal, que não seja aonde o casamento será realizado, mais do que justo, alguma das celebrações que antecedem o casamento (civil, chás, despedidas, etc) podem acontecer na cidade em que nasceram!

Ai e o lencinho fofo que ela deu para o pai?

A noiva , que estava deslumbrante, também falou um pouquinho da escolha do vestido!

Desde que fiquei noiva, sabia que não queria comprar o vestido pronto. Acho incrível o processo de criação de um vestido de noiva, os desenhos, as provas, a escolha dos tecidos. São todos momentos mágicos! Decidi conhecer o Sandro Barros e pensei, caso “o santo não bata”, vou procurar outra pessoa. O fato foi que me apaixonei por ele e pelas idéias desde o primeiro dia. Saí do nosso encontro com a certeza de que faria com ele o vestido. Ele compreendeu exatamente o que eu sonhava e transformou em realidade. O vestido ficou simplesmente maravilhoso e ainda mais bonito do que imaginei!”.

A Igreja não estava linda? Amo a passadeira na cor escura, pois dá mais destaque ao véu da noiva!

Me diz o que é essa tiara MARAVILHOSA da Izabel Esteves que a noiva usou!!! Ela me contou que já tinha comprado outra, mas quando “encontrou” com essa foi amor a primeira vista rs!

Bolo by Isabella Suplicy, maravilhoso!!

Olha ai a querida Gizella da Boutique de 3!

Preta Gil embalou todo mundo!!

Fotos: Flavia Vitoria e Cissa Sannomiya

Gostaram?

Eu amei!!!

Say I do.

Dani & Gabriel

Noivas e curiosas de plantão!!! Eu queria esperar a Dani (daquele chá liiindo da semana passada) voltar da lua-de-mel para pedir as fotos do casamento, mas, como nós mulheres somos muuuito curiosas e eu recebi milhares de emails e msgs pedindo para ver o casamento, me rendi !!! Fiz um apanhado de fotos de vários lugares e não mostrarei muito da decoração (vou esperar as fotos da fotógrafa da Dani ok?).

  

A noiva segundos antes de entrar na Igreja!!! Ela quase não esta feliz né? E linda demais!!!!

Detalhe das costas do vestido…..

……E da cauda!

A Dani me contou que foi para Miami comprar o vestido e adivinha? Praticamente na primeira loja que ela entrou, ela encontrou este e se apaixonou!

O bouquet! Um dos mais lindos que já vi!!

Aqui os noivos com as madrinhas na entrada da festa!

E com os padrinhos!

Detalhes das alianças, agora como marido e mulher!

Os noivos!!

Essa é a unica foto que eu tenho (por enquanto) da noiva por inteira e que dá para ver (mais ou menos) a flor que ela estava no cabelo! Gente era maravilhosa!! Parecia uma orquídea de brilhantes e parece que é jóia de família…. Mas vou averiguar melhor e depois conto para vocês!!!!

E alguns modelitos para vocês se inspirarem! Na foto junto com a noiva a Helena e abaixo a Renata (do Amici per Amici). As duas lindas de preto (na dúvida pessoal: vá de preto!!)

A madrinha Camila num tom nude/rosa claro bordado.

Também madrinha, a Karina de verde.

E a Carol estava com uma cor meio alaranjada.

E na saída os bem-casados com um coraçãozinho fofo e uma flechinha, muito romântico né?

Gostaram do preview ??? Mais para frente tem muito mais!!!!

Say I do.