De noiva para noiva: como lidar com a sogra?

Noivas queridas de plantão!

Faz muuuito tempo que não escrevo um “de noiva para noiva” né? Sorry! Mas com a correria do dia a dia, as vezes fica difícil parar e ter um tempinho a mais para escrever textos mais longos por aqui, mas sinto saudades rs! Como semana passada uma amiga me deu uma ideia de tema e essa semana conversando com outra amiga noiva ela suuuper desabafou sobre a sogra (que era boazinha e agora se rebelou rs), achei que estava na hora de voltar a ativar essa coluna para debatermos rs!

Bom, vamos lá! Há uns 3 meses, na minha coluna mensal da Glamour fizemos os 10 mandamentos da sogra nota 10 (não achei a matéria na net, mas depois posto aqui ta?). Demos algumas dicas legais do que a sogra pode fazer para ser boazinha e foi um sucesso.

Mas, eu percebo que tem momentos que as sogras realmente abusam viu? Isso serve para a mãe da noiva tá? Porque mesmo com o mundo hoje sendo super moderno: casais pagam suas festas, pais que falam para os filhos quanto podem gastar e não palpitam, ainda tem muita mãe que “obriga” a filha a fazer coisas que ela quer, e não a noiva.

Não é fácil alinhar expectativas, sonhos e desejos. Tem muita mãe que não teve o casamento que hoje pode proporcionar para a sua filha ou filho, e ai coloca todos os sonhos e expectativas naquele dia. É punk.

Eu tive a sorte de resolver tudo com o meu marido e com as minhas queridas assessoras. Ele foi super participativo, foi em quase tudo comigo e os nossos pais não palpitaram em quase nada – claro que minha mãe foi nas degustações, provas de vestidos, mas foi de uma forma leve sabe? Quem decidiu tudo fomos nós – meu pai foi tipo “de convidado” rsrs, mas ele amou! Pois tudo era surpresa para ele, rs!! Eu fui uma pessoa que não quis dividir nada com ninguém. Minhas amigas não sabiam de nadinha, eu queria que elas se emocionassem e se surpreendessem com tudo. E foi o que aconteceu.

Mas nem sempre é assim. Tenho uma amiga que esta passando por um momento super delicado com os sogros – sim, você leu bem, fora a sogra, o sogro também quer palpitar. Eu não vou citar os exemplos aqui para não criar um clima a mais, mas gente, na boa, paciência tem limite. Independente de qualquer coisa o dia é do casal. Eu sou a primeira a levantar a bandeira de que o casamento é uma festa da família!! Acho que tem que ter convidados dos pais, tem que ter aquelas pessoas que são suuuper importantes para eles e só te visitaram na maternidade, mas também acho, quer dizer, tenho certeza que o foco do dia é 100% a felicidade, o amor a alegria do casal. Os noivos já passam por tanto stress, que não merecem ter que ficar ouvindo abobrinhas dos pais.

Se você é sogra ou mãe de noiva ou noivo, peguem leve! Tem sogras e mães incríveis e que realmente agregam super nas reuniões, nos preparativos, mas as que pesam, nossa, pesam muito. Recebo muitos emails de noivas desabafando sobre isso. E o pior é quando o noivo não “enxerga” este lado da mãe e já gera um stress no casal – recebo muitos casos desses também – sim, eu sou quase uma psicóloga nas horas vagas, a-d-o-r-o rs!

Noivas, tentem ficar calmas! Não deixar que isso afete o casamento e o relacionamento com o seu amado, por mais difícil que seja! Estabeleça algumas “regrinhas” desde o inicio. Em que assunto cada um vai opinar, participar. Se forem dividir a festa, acho legal dividir por itens e não todo mundo paga metade de tudo!! Escolha para o seu lado pagar itens que são pior ter muita gente palpitando como decoração, assessoria, seu vestido (claro!), convites. Deixe para os sogros itens como bebidas (é caro e tem menos opção rs), o dj, o buffet… Imagino que dessa forma as coisas sejam mais fáceis de “controlar”.

Achei esse artigo no portal M de Mulher, os 10 mandamentos da sogra nota 10! Achei legal compartilhar com vocês – e ainda fiz alguns comentários “extras” – eu sei, hoje tô super falante!

1. Respeitar o espaço do casal, apenas dando a opinião quando for solicitada.

2. Ser natural, sempre. Não precisa ficar tentando agradar a nora ou o genro o tempo todo, isso desgasta a relação e pode soar falso.

3.  Ter interesse em conhecer melhor quem está com o seu filho ou filha. Convidar para almoçar ou jantar na sua casa aproxima. Fazer perguntas também!

4. Deixar de lado preconceitos. O que interessa se a namorada do seu filho tem uma tatuagem? Ou se o pretendente de sua filha já tem um filho? Dê chance de a pessoa mostrar suas qualidades.

5. Evitar confrontos. Se tudo o que nora e genro falarem virar motivo de crítica, eles não vão querer mais estar em sua companhia – EXTRA: não ficar cobrando diariamente por telefone que o casal não esta indo muito na sua casa, estão se vendo e falando pouco! Gente, sério, hoje tempo é o que menos temos na vida, se ainda usarmos o mesmo para cobrar o outro, fica chato.

6. Não colocar os filhos em situações constrangedoras. A pior coisa é um filho ter que decidir entre a mulher que ama e a própria mãe.

7. Não chamar a atenção dos filhos na frente do pretendente ou ignorar as opiniões de sua nora ou genro e só se dirigir a ela/ele para assuntos importantes.

8. Aceitar convites. Almoços e jantares não precisam ser sempre só na sua casa. De vez em quando, sua nora pode gostar de receber vocês na casa dela.

9. Não se intrometer na educação dos netos, mesmo que cuide deles enquanto os pais trabalham. Tente expor suas ideias sem impor tudo do jeito que quer. Sugerir é melhor que mandar.

10. Cuidar de você mesma depois que os filhos se casam. Algumas mulheres sofrem da Síndrome do Ninho Vazio, sensação de perda e ciúme quando os filhos, já adultos, saem de casa. O ideal é se ocupar com um trabalho fora de casa ou algo que goste muito de fazer, como dançar ou sair com as amigas – EXTRA: percebo que com muitos casais, em especial com as mães, realmente é um baque quando o filho sai de casa. Logo que eu casei, a minha irmã foi morar fora! Nossa, meus pais “perderam” 2 filhas ao mesmo tempo. Não foi fácil, e eles tiveram que reaprender a viver só os 2, e olha, nada nunca fez tão bem para o relacionamento deles! De verdade – e há 1 ano eles compraram 1 cachorra, a Sophie, que é a nova filha deles e eles dão mais bola para ela do que para mim, mas eu não tenho ciumes tá gente? Fiquei feliz demais por eles – e minha mãe também passou a me ligar e me cobrar menos rsrsrs, foi ótimo. Então aproveitem esse momento para reviver hábitos esquecidos, curtir o seu amado, viajar!!

Ah, encontrei uma matéria bem bacana no Bolsa de Mulher que descreve 5 tipos de sogra e como lidar com cada um deles, rs, é bacaninha!

PS: acho que nenhuma foto, nem filme, ilustra melhor essa situação do que o “A sogra”, eu achei ótimo, e ele tem um final feliz rs!

a-sogra-filme

Acho que é isso!

Fui meio longa, né? Me empolguei e eu realmente amo escrever e trocar figurinhas com vocês! E acho que esse tipo de post, mais real, mais verdadeiro, acaba tocando e ajudando muita gente!!

Beijos.

Comente este Post

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentários

  1. FILHA ,VOCÊ HOJE ESTAVA EMPOLGADA!!!!!
    CLARO QUE GOSTARIA DE TER PALPITADO UM POUCO MAIS,MAS SOUBE ME CONTROLAR,NÉ?
    NÃO SE ESQUEÇA QUE UM DIA VOCE TB VAI SER MAMIS!!!
    E QTO A NOSSA SOFIE,REALMENTE FOI A MELHOR COISA QUE FIZEMOS,ACONSELHO A TODOS OS CASAIS, QDO OS FILHOS SAIREM DE CASA OU ANTES TB!!!
    BJS,VOSSO CASAMENTO FOI PERFEITO!!!MAMI

  2. Camila, você é muito engraçada, me divirto.
    Tem sogra que é um saco mesmo, você teve sorte que pouca gente opinou
    bjss

  3. E quando a sogra vai de branco ou preto???

  4. Hahahhaha muito bom o texto.
    Tem sogra fofa, tem sogra mala, é a vida, como tudo né?
    Mas tenho certeza que esse post foi perfeito para quem sofre com a sogra.
    E quando vira contra o filho, então, Deus me livre.

  5. outro dia fui num casamento e a sogra tava de preto
    achei tao ridiculo
    parecia que ela era contra o amor dos dois
    mas ela que se deu mal
    todo mundo falou mal dela
    que era sem noção

  6. noiva sofre, é quase uma profissão, com seus problemas

  7. E quando a sogra “do demonho” é a tua própria mãe? hahahahahahah

  8. E o comentário da sua mamis!!! hahaha!!! Mto bom o texto Roller!!! Desejo a todos a mesma sorte que eu tive: uma mãe santa, que resolveu tudo pra mim e do jeito que eu queria e uma sogra muito fofa que esteve presente nos momentos certos e soube respeitar nossas opiniões <3

  9. O blog voltou!
    Adorei esse post, acho q nunca tinha lido essa coluna! Me diverti! hahaha
    Ps. o comentário da sua mãe ta ótimo!!!

  10. Olá! Estava pesquisando sobre sogra ir ao casamento com vestido off-white e acabei encontrando este post. AMEI!! Acho que você agora é a minha melhor amiga!! XD
    Muito sério: toda a gente deveria ler este texto, quer sejam sogros ou noras, genros, cunhados, irmãos, qualquer grau de parentesco, porque há pessoas que não têm noção na hora de conviver com família por afinidade.