Casamento Álissa & Gustavo

Casais,

Desde que vi as fotos do casamento da Álissa e do Gustavo fiquei encantada e hoje vocês também vão poder conferir o quanto foi LINDO o grande dia deles. As fotos são da VRebel, a noiva estava maravilhosa no vestido by Lucas Anderi e o lugar… Perfeito! A visão panorâmica nos dá um gostinho dessa beleza carioca, do Fasano em Angra dos Reis. Acho que vocês também vão se apaixonar!!!! A Álissa fez um texto super bacana contando a história deles e tem até dica para vocês ao fim do post. Vamos ver?

“Nossa história começou em 2016, quando nos conhecemos em uma festa e um amigo em comum nos apresentou … e o Gustavo finalmente teve coragem de falar comigo (ele já estava de olho em mim há um tempo na academia, mas ele nega até hoje! E eu não fazia ideia de quem ele era!). E parece que Deus planejou tudo direitinho porque nós não tínhamos a menor ideia do que estava por vir! Então o Gustavo me convidou para jantar e desde então não nos desgrudamos mais. E mal sabíamos que nossas mães já se conheciam, e que morávamos um do lado do outro praticamente. Eu resisti ainda ao namoro durante um tempo, pois envolver não estava nos meus planos… mas não consegui segurar por muito tempo, até que no dia 17 de março de 2017 pedi o Gustavo em namoro. Sim, eu mesma pedi, porque a essa altura o Gustavo já estava quase desistindo! Hahaha. Como eu disse nos meus votos, uma vez minha mãe me disse que Deus estava guardando alguém muito especial para mim… e que eu logo saberia quando o encontrasse. E ela estava, de fato, certa, porque quando o conheci eu logo percebi que era com ele que eu queria estar o resto da minha vida. Foi então que, 9 meses depois, no dia 03 de janeiro de 2017, durante uma viagem pela Europa, o Gustavo me pediu em casamento. Estávamos em Barcelona, e eu estava muito animada para jantar em um restaurante específico chamado El Celler de Can Roca. A comida, que era a atração principal, ficou de lado quando o Gustavo colocou um lindo anel no prato. E o mais engraçado foi que eu demorei muito para perceber, só notei quando fui tirar uma foto do prato e vi um borrão brilhante na imagem. Foi o “sim” mais feliz da minha vida! Após o jantar, o Gustavo havia feito outra surpresa: ele havia reservado um quarto no Hotel Omni (onde fica localizado o restaurante). Quando subimos, o quarto estava cheio de flores. Foi realmente muito especial. 

Retornamos ao Brasil e logo começamos os preparativos. Foram 1 ano e 10 meses – parece muito tempo mas a verdade é que o tempo voa! Meu sonho era me casar na Igreja mas queria muito que tivesse a magia da natureza. Além disso queríamos que fosse um destination wedding, pois queríamos aproveitar o final de semana todo com os nossos familiares e amigos queridos. Por isso, nossa primeira opção foi Itaipava. Nosso primeiro passo foi encontrar o cerimonial. Conversamos com alguns, mas foi com a Manu Gonçalez que realmente nos identificamos. Depois dessa escolha, todo o resto seria um sucesso. Eu e o Gustavo escolhemos absolutamente juntos. Ele compareceu em todas as reuniões, e digo isso porque até na de maquiagem ele foi! Hahah. Não importava o dia, hora ou lugar, ele sempre dava um jeitinho no trabalho e conseguia me acompanhar. Sempre fomos muito companheiros um do outro, e é claro que não seria diferente no nosso grande dia. Isso foi muito importante para mim, pois tive o apoio dele em todas as decisões. 

Fomos muito criteriosos com a escolha dos nossos fornecedores. Fizemos questão de montar um time de qualidade. Mas só a qualidade para nós não bastava. É claro que existem muitos profissionais excelentes no mercado … mas não são todos que vão ter uma conexão com você. E isso para mim importava muito. Então, a maioria dos nossos fornecedores foi preciso de uma reunião apenas para que fechássemos o contrato, porque nos identificamos muito com eles. É importante que você tenha um bom relacionamento com eles, baseada na confiança, e que você possa ligar a qualquer hora para tirar dúvidas, esclarecer inseguranças, afinal, eles são os responsáveis pelo seu grande dia. Começamos então com a escolha do local, e acreditem, esse foi o meu maior desafio! A Manu me disse que quando eu encontrasse o local perfeito, meus olhos “brilhariam”. Ela disse que eu saberia quando o encontrasse. Visitamos alguns, mas nenhum deles me despertava um interesse particular. Fechamos contrato em um hotel em Itaipava, mas parece que ainda assim algo me faltava. A cerimônia aconteceria na Catedral São Pedro de Alcântara localizada a 1 hora de distância de onde seria a recepção, o que também era um grade problema. Fechamos diversos contratos, entre eles a Andrea Kapps, que já era um amor muito antigo. Eu sempre soube que ela decoraria meu casamento. O Dj Jimmy, a VRebel, Versus quatro, entre outros. 

Em uma das reuniões, a Andrea sentiu que algo me incomodava, e me encorajou a procurar um outro local. Foi então que eu vi um vídeo do Hotel Fasano Angra dos Reis e fiquei totalmente encantada, fiquei louca para conhecer pessoalmente. Mas como dizer isso para o Gustavo? Será que ele me apoiaria? E a Manu? Depois de meses de preparativos na serra o que ela ia achar disso? Uma maluca? E meus pais? E meus sogros? Já estava tudo completamente fechado e pago em Itaipava … eram muitas perguntas e maior de tudo isso era o medo. Então a primeira pessoa com quem eu conversei, é claro, foi o Gustavo. Ainda não sabia se Angra seria meu local ideal, mas sabia que Itaipava não era. No fundo eu sabia qual seria sua resposta. E quando eu disse tudo o que eu estava sentindo, ele respondeu: “Vamos lá, estou com você!” Se fosse para a minha felicidade, não importava … ele cancelaria tudo e iria comigo para onde eu quisesse. Pulei de felicidade, com o apoio dele o resto não seria tão difícil. Conversei com a Manu, e é claro que ela me apoiou de todas as formas. Fui então como Gustavo ao Hotel Fasano Angra dos Reis, e quando cheguei no local, foi exatamente como a Manu disse que seria: o tal do brilho nos olhos logo apareceu. Eu me encantei por cada detalhe daquele lugar… e em cada visita parecia que ele ficava mais lindo ainda. E não tinha lugar mais perfeito para essa ocasião. Eu e minha família costumávamos ir todos os finais de semana para Angra dos Reis, então era como se eu estivesse casando em casa! Além disso, nos apaixonamos pela capela do hotel, que reunia tudo o que eu sempre quis: a igreja católica e a magia da natureza. Depois que acertamos tudo e tomamos a decisão, resolvemos contar para nossos pais e amigos. Foi uma surpresa para todos, mas todos receberam a notícia com muita felicidade. Tivemos o apoio de todos os fornecedores e conseguimos reunir nosso tão sonhado time em Angra dos Reis. E foi assim que todos mergulharam nessa loucura comigo, e juntos construímos um verdadeiro sonho. Depois disso, tudo ficou mais fácil. A melhor parte disso tudo foi ter o apoio do Gustavo. Quando achava que era impossível, ele fez tudo ser possível. Ele mergulhou nas minhas ideias doidas só para me fazer feliz, eu sei. E acho que isso que fez desse momento tão especial, nosso companheirismo e saber que não importa o lugar, a hora, ele sempre estará do meu lado.” 

Fornecedores:

Local: Fasano Angra | Celebrante: Padre Omar | Cerimonial: Manu Gonçalez | Orquestra: Versus Quatro | Decor: Andrea Kapps | Flores: Florart | Luz , som e gerador: Ambiente Lahr | Dj: Jimmy | Convites e identidade visual: AP Editora | Toldo: Elite Toldos | Foto e filme: V Rebel |
Atração: MC Andinho | Bolo: Cristina Poncinelli | Doces: Mil Brigadeiros, Fabiana D Angelo, Barriga de Freira e Le Chocolat | Bem casado e brownie: Denise Cristina | Bebidas: todas fornecidas pelo noivo | Open bar: Joe Drinks | Segurança: Arion | Valet: Dias Park | Vestido: Lucas Anderi | Make: G Junior | Acessórios: Graciella Starling | Sapato: Sonia Barreto | Noivo: Otto | Damas: Stephanie Cachapuz

Sobre os preparativos, gostaria de destacar algumas coisas. 

Sobre a decoração: 

Muito embora o casamento fosse na praia, pedi à Andrea um casamento clássico. Porém não clássico, mas um clássico contemporâneo, chic. Queria algo moderno, que combinasse com a estrutura do Hotel Fasano. Parecia uma tarefa difícil … e  o que parecia ser impossível, a Andrea tornou possível. 

Pedi à ela um casamento todo off White e marrom, sem folhagens. Eu não queria que o verde predominasse. Fiquei um pouco apreensiva pois o Juan (da Florart) me explicou que era muito difícil retirar as folhagens, pois eram elas que davam volume e sustentação aos arranjos. 

Quando chegou o grande dia, mesmo com o tempo corrido, a Manu insistiu para que eu descesse e visse a decoração. E ainda bem, porque foi um dos momentos mais emocionantes do meu dia. 

Quando entrei no local, logo vi aquele arco de flores tão idealizado por nós. Mais adiante estava a linda estrutura de bem casados feitos com troncos de árvores pelo Andre Kapps (paisagismo). E logo mais a frente lá estava – minha tão sonhada árvore de bougainville na mesa do bolo. Quando percebi que tudo o que eu tinha sonhado estava bem ali na minha frente … eu não aguentei e logo cai em prantos. Foi um sentimento indescritível. Eu realmente não esperava, a Andrea me surpreendeu de todas as formas. 

A mesa do bolo era uma perfeição, uma obra de arte. Moderna, mas ao mesmo tempo clássica e tão delicada. Foi a mesa dos meus sonhos … aliás foi muito melhor do que um dia eu já sonhei. 

Durante a festa, enquanto dançava, me peguei algumas vezes virando para admirar aquela decoração. Queria que o tempo parasse ali, para que eu pudesse admirá-la para sempre. Para as futuras noivas, minha dica é: tenha seus cinco minutos antes da cerimonia para poder olhar a decoração da festa. Só assim você poderá admirar com tantos detalhes tudo aquilo que você idealizou tanto. Eu agradeço muito à Manu e à Andrea por terem insistido nesse momento que ficará na minha memória para sempre.

Sobre as músicas:

Escolhemos o DJ Jimmy logo na primeira reunião que fizemos. Tivemos uma conexão especial com ele e mesmo que nunca tivéssemos ouvido ele tocar, sabíamos que ele seria um sucesso. Ele foi a nossa melhor escolha, porque tivemos uma energia incrível na pista. 

Na semana anterior ao casamento, o Jimmy me perguntou com qual musica gostaríamos de entrar. Estava na duvida entre duas: (i) Te assumi para o Brasil – um sertanejo que é a “nossa” música. Eu costumo dançar para o Gustavo essa música, e é sempre uma zoação quando ela toca, todos os nossos amigos sabem disso. (ii) um house. Optei pelo house porque achei que seria mais animado, fiquei com medo de colocar um sertanejo para a nossa entrada. 

Porém, no dia, após a cerimônia, subimos para o quarto para jantar e uma vozinha dentro de mim me disse para trocar a música. Conversei com a Manu e ela me disse uma frase que me marcou muito: “Se faz sentido para vocês, isso basta.” E ela estava certíssima. 

Entramos na festa e a música começou a tocar. Foi muito emocionante não só para nós, mas como também para todos os nossos amigos que acompanharam nossa história. Era a “nossa” música e não tinha momento mais perfeito para ela ser tocada. Com certeza essa musica marcou o nosso casamento. 

Depois disso, agradecemos a presença de todos e dançamos a nossa primeira dança. Havia pedido para o Jimmy tocar a True Colors, do Phil Collins, mas que fosse por pouco tempo pois achava que seria muito entediante. Eu estava enganada. Diferente do que eu achava que seria, enquanto dançava eu desejei que aquele momento nunca acabasse … queria ficar dançando com o Gustavo ali para sempre. Foi mágico. 

Sobre o convite 

Eu queria que a minha avó participasse dos preparativos de alguma forma e que isso fosse uma recordação para mim. Então pedi para que ela desenhasse a capela do hotel. Quando conversei com ela, ela hesitou, com medo de que não ficasse tão bom. Ela me pediu para que eu contratasse um profissional, porque segundo ela deveria ser perfeito para o meu casamento. Eu insisti e ela acabou cedendo. Minha avó, que sempre pintou lindos quadros, mesmo assim, fez questão de frequentar aulas de pintura. Ela fez e refez diversas vezes, até que me entregou um rascunho, que segundo ela ainda não estava pronto e bom o suficiente. Eu fiquei apaixonada. 

Não era a perfeição que faria daquele desenho perfeito. Mas sim a imperfeição … saber que ela colocou tanto amor nesse projeto e, sobretudo, que ela participou desse momento tão especial na minha vida. Guardarei essa recordação para sempre com muito carinho. 

Não poderia deixar de dizer que quem deu vida à esse sonho foi a Lena, da apeditora. Ela me apoiou nesse projeto e com tanto carinho e dedicação o resultado não poderia ser diferente. 

Resumidamente, tive um dia perfeito, mágico. Não mudaria nada …. faria tudo exatamente igual se pudesse. Vivi intensamente cada segundo do meu dia, dancei como se não houvesse o amanhã. Transbordamos tanta felicidade que acho que todos se contagiaram com a nossa alegria. Foi uma energia muito especial. Se foi tudo como eu sonhava? Não. Foi muito melhor do que um dia eu já sonhei. 

E eu devo isso ao time que formamos, sem eles não teria sido tão perfeito. Devo, sobretudo, à Manu que nos conduziu durante esses 22 meses de preparativos, sempre nos orientando da melhor forma possível. Com a Manu, não tive espaço para dúvidas ou incertezas, pois estava muito segura de todas as minhas decisões.” – Álissa

“Minha dica para as noivas? 

Como me disse a Manu: “Se faz sentido para vocês, isso basta”. Se faz sentido para os noivos, fará sentido para todos. Não hesite em seguir seus sonhos, é o seu grande dia. 

Se você não encontrou o lugar dos seus sonhos ainda, não se preocupe. Isso é muito normal, aconteceu não só comigo, mas com muitas amigas também. Continue na busca. Quando o tal do  “brilho nos olhos” aparecer, você vai saber que encontrou o lugar tão esperado. 

Monte um bom time. E bom significa não somente de qualidade, mas que você se identifique e tenha confiança em cada um dos seus fornecedores. Isso fará toda diferença no seu grande dia. 

Aproveite cada segundo como se não houvesse amanhã. ” – Álissa

Gostaram?

Beijos,
Say I Do

Casamento Marcella & Rafael

Casais! É casamento moderno que vocês querem? Então, preparem a pastinha!!! A Marcella e o Rafael tiveram um casório LINDO, no Palácio Tangará – que foi todo decorado pela Lais Aguiar. Demais! A noiva estava impecável, no vestido feito pela Nanna Martinez para White Hall. O Rodrigo Ramas também arrasou na beleza da Marcella. Mas, vou deixar as fotos falarem por si, aliás, são do querido Torin Zanette! Depois me digam o que acharam!

Fornecedores:

Foto: Torin Zanette | Filme: Vinicius Credidio | Local: Palácio Tangará | Som e Luz: Ricardo Dias | Decor: Lais Aguiar | Bar: Help Bar | Doces: Pati Piva; Petite Fleur Patisserie | Bolo: Pati Piva | DJ: Igor Cunha | Vestido: de Nanna Martinez para White Hall | Assessoria: Rock Stage Produções | Cabelo e Make: Rodrigo Ramas | Sax: Marcelo Freitas | Alianças: Pedro Yossef |

Gostaram?

Beijos,
Say I Do

Casamento Stephanie & Daniel

Casais!!! Nossa semana está recheada de casamentos lindos, começando com o da Stephanie e do Daniel, que se casaram no Rio de Janeiro! Foi uma cerimônia clássica, na Igreja São Francisco de Paula, seguida por uma festa mega badalada no Jockey Club Brasileiro. Amei as duas decorações, com a predominância do verde e branco. Não tem como não ficar lindo!!! É uma ótima dica para quem está pesquisando decoração de casamento. Aliás, preparem a pastinha! Ainda essa semana vocês vão conferir outro estilo de decoração, também incrível. Fiquem de olho!!!

Fornecedores:

Foto e vídeo: V Rebel Cinema One | Decoração da cerimônia: A Roseira Decorações | Decoração da festa: Eugenia Guerreira | Flores: Orlando Ambrósio | Paisagismo: HortoArt | Vestido: Marie Lafayette | Grinalda: Miguel Alcade | Alianças: HStern | Igreja: Igreja São Francisco de Paula | Local da festa: Jockey Club Brasileiro | Assessoria: Manu Gonçalez

Gostaram?

Beijos,
Say I Do