Casamento Bárbara & Caio

Casais,

A volta do feriado não poderia ser melhor. Trouxe para vocês um casamento tão emocionante, que precisava dividir os lenços com vocês também! Foi um dia especial demais, lindo, sofisticado, alegre e que marcou a vida desse casal querido. Foi o cenário perfeito para uma história como essa. O casal estava transbordando amor, ela foi uma noiva belíssima… a decoração estava impecável. Recriar um pouco da Toscana foi uma ideia genial, que foi muito bem executada. Amei!!!

Vou deixar vocês com a história nas palavras da noiva:

“O planejamento do casamento foi um momento muito gostoso que vivemos juntos e foi estendido por conta da pandemia. Nossa primeira data era Novembro de 2020. Escolhemos todos os detalhes juntos e aproveitamos para curtir cada momento, sabendo que o casamento é todo o preparativo até chegar o dia. Para ver o mostruário da decoração, fizemos uma viagem muito gostosa de moto até Gaspar. As degustações de doces e comida era sempre um evento especial e muito romântico.

Eu e Caio sabíamos que queríamos algo numa pegada mais rústica, mas ao mesmo tempo que fosse chique e com elegância. Nossa primeira ideia era casar uma vinícola em Bom Retiro, por conta da localização desistimos. Porém quisemos trazer esse ar da Serra para o mar (nosso casamento foi no Iate Clube Itajaí) com detalhes em troncos e madeiras. A escolha do limão sisciliano foi pq além de sermos loucos por conhecer a Toscana, essa fruta também é nossa preferida para bolos e docinhos. As cores foram definidas em verde, branco e limão siciliano, queríamos uma pegada mais clean. Porém para agradar também às mães, em cima da hora surpreendemos elas com uma decoração de flores coloridas, na parte de dentro da festa.

Meu vestido foi uma construção, pois nunca sonhei com um vestido de noiva. Ele surpreendeu até eu mesma, pois normalmente prefiro tecidos lisos e não sou mto de bordados, rendas e mta informação. Mas meu vestido foi sendo moldado para o que eu precisava. Quando a Luana Pawlick trouxe o tecido pra eu ver nos apaixonamos por ele.

Meu vestido feito pela Luana Pawlick trazia ao mesmo tempo delicadeza e sensualidade, como o mar que era o elemento principal de nosso casamento, fazendo analogia ao balanço e as curvas das ondas. A capa era o único item que eu fazia questão de ter e ela cumpriu seu papel: me dar força e coragem para traçar meu próprio caminho e começar a minha família, iniciando um novo ciclo.

Uma das partes do meu corpo que mais gosto são minhas costas: carrega muitas histórias, uma cicatriz grande, minhas escapulas assimétricas, uma alada e torta por conta da escoliose que me rendeu mtas histórias e uma cirurgia. Era um dia de começar uma história e terminar outra, por isso queria muito que minhas costas aparecessem.

No fim acredito que, fui uma espectadora da imagem de mim mesma que foi se construindo neste dia para que eu pudesse passar por essa experiência da melhor forma possível, levando comigo aprendizados, vulnerabilidade e ao mesmo tempo brilho, força e coragem.

Quando eu e Caio convidamos a Tassiana Vale para celebrar nosso casamento, tínhamos certeza que seria maravilhoso, mesmo sem ela nunca ter celebrado um casamento antes na vida, inclusive esse foi um fato que não nos preocupou em nenhum momento. Ela nos iniciou no Reiki e temos ela como uma figura espiritual que nos abriu para um lindo caminho juntos.

O que não sabíamos é que, em nosso próprio casamento, presenciaríamos a cerimônia mais linda e emocionante que já vimos. E TODOS os presentes tiveram um papel importante para criar um campo de bençãos e amor indescritível! Todos os padrinhos entraram carregando um objeto  que cada um representa para nós, através de símbolos de diversas crenças.

Um dos momentos mais marcantes foi a minha entrada (noiva) com meu pai, que havia passado por uma cirurgia há 2 semanas antes e estava com a saúde abalada. Além disso, uma parte dos meus votos eu disse ao Caio que eram necessários mais do que palavras para expressar o que eu sentia por ele, pedi para que ele fechasse os olhos e quando abrisse eu iria tentar transmitir. Quando ele abriu os olhos, olhei dentro dos olhos dele e passei todo meu campo de energia de amor que sinto, atraves do olhar (nossa linguagem).” – Bárbara

Fornecedores:

Vestido: Luana Pawlick | Terno: Coolblanc | Cerimonialista: Eduardo Reich | Decoração: Ninha Flor | Camisa noivo: J Hess – Camisas sob medida | Bar de drinks: Gringos bartenders | Doces finos: Casa de chá Mayra PauliBolo: 45 Bakery | Local e buffet: Cabeçudas Iate Clube | Make noiva: Malvina Campo | Cabelo noiva: Felipe Lemes | Fotografa: Carol Ritzman | Filmagem e edição: Taís Iahn | Cookies (no lugar de bem-casado): Eat Well 

Lindos!!!!!

Beijos,

Say I Do

Comente este Post

O seu endereço de e-mail não será publicado.