Culinária: Arroz e feijão

Meninas!!

Vamos a Culinária da semana!!! Um belo arroz e feijão (hummm meu prato preferido!!!). 

Olá! Fiquei muito feliz com a reação de vocês à coluna! Obrigada por todos os elogios e pelas sugestões!

Quanto ao post da semana passada, gostaria de esclarecer um ponto levantado por uma leitora muito fofa, a Karina, que me mandou um email contando como foi sua experiência. Ela comentou que a cozinha ficou cheirando queimado por causa da crostinha que se forma na frigideira; para evitar que isso aconteça, quando virar o bife, raspe a crostinha com uma espátula ou com a pinça mesmo – se ela tiver ponta de silicone, para não riscar a panela. Outro ponto levantado pelos leitores foi a cor do bife; uns gostaram outros não. Mas vale lembrar que falei de um bife simples de 2 centímetros de altura e não de um belo filé! Quando falarmos sobre filés, as fotos serão mais apetitosas, sem desmerecer nosso bifinho do dia a dia!

Qualquer dúvida, comentário, história ou sugestão, comentem aqui no post ou mandem um email direto para mim: contato@tatianaabbud.com.br.

Vamos para a aula de hoje? Agora que sabemos fazer um bifinho, precisamos do acompanhamento mais típico: arroz e feijão!

Começando pelo arroz:

Hoje, a maioria das marcas de arroz vende o grão pré-lavado, mas sempre vale dar uma lida na embalagem.

A preparação que escolhi passar para vocês é a Pilaf (fala-se Pílaf), que é bem parecida com o que estamos acostumados, mas com um toque extra de sabor, usando o caldo de legumes no lugar da água. Mas vocês podem fazer com água se preferirem, sem problemas! Isso vai do gosto de cada um.

Minha sugestão é tentar de vários jeitos para então decidir qual mais gosta. É o que eu faço em casa!

Ingredientes:

– 2 xic. (chá) de caldo de legumes;

– 1 col. (sopa) óleo vegetal (canola ou outro);

– 1 dente de alho bem picado;

– 1 xic. (chá) de arroz branco;

– Sal;

– 1 folha de louro;

– 1 galhinho de tomilho.

Utensílios:

– 2 panelas;

– 1 espátula;

– 1 garfo.

Modo de preparo:

Coloque o caldo em uma panela para ferver. Enquanto isso, aqueça o óleo numa outra panela e acrescente o alho. Quando o alho começar a soltar seu aroma – antes de dourar – acrescente o arroz e mexa.

Envolva todos os grãos no óleo, salpique com um pouco de sal (1 ou 2 pitadas), coloque as ervas e o caldo fervendo.

Abaixe o fogo, tampe – deixando um espaço para o vapor sair – e cozinhe até o caldo secar por completo (+ou- 20 minutos).

*Essa hora é crítica! Cuidado para não secar demais e queimar o arroz! Use um garfo para abrir um buraquinho no meio do arroz e checar o nível do líquido.

Desligue o fogo, tampe a panela por completo e deixe descansar por uns 5 minutos. Use um garfo para soltar os grãos e sirva!

DICA IMPORTANTE: Cada tipo de arroz – branco, integral, negro, vermelho, selvagem, etc. – tem seu tempo e quantidade de líquido necessário para a cocção. Fiquem atentos às instruções na embalagem.

FEIJÃO

Feijão é uma das coisas que mais gosto de comer! E essa receita que vou ensinar para vocês é uma das minhas preferidas! Essa, fiz com bacon – delícia! – mas normalmente faço sem para ficar mais leve. Encontrei no tomilho um bom aditivo de sabor sem calorias! Mas nada como um bacon ou uma lingüiça calabresa defumada – huuuuuummmm!!!

Para fazer feijão, recomendo que planejem com certa antecedência, pois alem de demorar um pouco para ficar pronto, é preciso deixar os grãos de molho por pelo menos 2 horas. Quando faço, aproveito para cozinhar uma boa quantidade e congelar em pequenas porções para facilitar a vida!

Ingredientes:

– 4 xic (chá) de feijão carioca (deixados de molho por pelo menos 2 horas);

– 100 gr de bacon em cubinhos;

– 4 dentes de alho picados;

– 4 folhas de louro;

– Folhas de 4 galhos de tomilho.

Utensílios:

– 1 panela de pressão;

– 1 espátula;

– 1 concha;

– 1 tábua;

– 1 garfo;

– 1 frigideira grande.

Preparo:

Coloque o feijão (que já foi deixado de molho por pelo menos 2 horas – isso é muito importante para o tempo de cocção) na panela de pressão e cubra com água até passar uns 2 dedos do nível do feijão.

Tampe a panela e ligue o fogo. Quando pegar pressão, ou seja, começar a fazer aquele barulhinho típico, conte 12 minutos e desligue o fogo.

Espere uns 5 minutos, leve a panela para debaixo da torneira e deixe escorrer água na tampa até perder a pressão e estiver pronta para ser aberta.

Coma alguns grãos para testar se estão cozidos. O tempo de cocção depende do tempo que você deixou os grãos de molho. Se não estiverem cozidos, tampe a panela, volte para o fogo e conte mais alguns minutos.

Com a panela aberta, coloque-a no fogo baixo. Tire 2 conchas de grãos – sem o caldo, coloque numa tábua e amasse, formando uma pasta – é isso que vai engrossar o caldo.

Aqueça a frigideira e doure o bacon. Acrescente o alho.

Acrescente a pasta de feijão e um pouco do caldo para homogeneizar.

Volte tudo para a panela e acrescente as ervas.

Salgue e cozinhe, mexendo de vez em quando, até o caldo engrossar.

Separe em potes para congelar ou sirva com o arroz.

Espero que gostem e me contem como foi fazer em casa!

Ah, e vamos curtir a página do meu catering no Facebook??? Clique aqui!

Gostaram?

Say I do.

Comente este Post

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários

  1. Hummm adorei Camila….o blog esta cada dia melhor…..
    sucesso!

  2. Camila e Tatiana,
    a-d-o-r-e-i! Tambem testei o bifinho e o meu noivo amouuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

  3. Meninas, eu não sei mais minha mãe sempre fala que não é bom colocar a panela de pressão embaixo da agua porque estraga a borracha e a panela abre rápido e pode espirrar na gente e ainda encher o alimento de agua. Então por via das dúvidas eu espero o vapor sair naturalmente da panela e só depois eu abro, não demora muito não.

    Adorei as dicas de receitas! Muito útil!

  4. hahaha adorei!
    agora já sei saber o trivial!!!!!

  5. Camila estou amando essa coluna! Que deliciosa!!! rs

    Ainda não testei nada, mas já está tudo na pastinha de Receitas do Say I do para quando me casar em fevereiro saber por onde começar rs

    Gostaria de dar uma sugestão: post de receitas semi prontas, ou seja, que possamos comprar coisas simples e prontas no mercado, reformá-las em casa de maneira bem fácil e deliciosa, dando a impressão que temos noção de cozinha e não fazer feio na frente dos amigos quando forem nos visitar!! rs

    Seria um verdadeiro sucesso!!!

    bjinhos.

  6. Fantástico, o blog está cada dia mais completo!!!! Amei também o post de decoração!!! Parabéns

  7. Ameeei! Tati, parabéns pela coluna e pelas dicas!
    Amei o jeito que vc escreve os posts! mto facil de entender!
    bjssss
    Anna

  8. Muito legal ensinar receitas básicas do dia a dia, afinal de contas é aprendendo o báscico que aprimoramos para os pratos mais elaborados!! Gostei

  9. até eu 0 a esquerda no assunto vou conseguir fazer o trivial!!! Mas tbm nao vou praticar mto ja que posso ir comer na casa da Chef a qualquer hora!!! hihihihih

  10. Meninas, obrigada mais uma vez! Que bom que vcs estão gostando e achando super fácil de entender! Esse é o objetivo!
    Elidiane, vc tem razão e eu coloquei na instruções para esperar uns 5 minutos o vapor sair com o fogo desligado. Coloco a panela embaixo d’agua para garantir que todo vapor saia antes de abrir a panela. E isso de entrar água depende da panela de pressão que vc tem, por isso acho importante investir um pouco nesse item para termos mais segurança!
    Cristiane, vamos tentar executar sua sugestão!
    Leca, a próxima vez que vier em casa, vc vai para a cozinha! Quero ver se ta aprendendo! 🙂
    Beijos!

  11. Tati, adorei o passo a passo, assim fica muito facil seguir as receitas!
    Fico sempre esperando receitas novas!
    Bjss

  12. É MUUITO perigoso colocar panela de pressão embaixo da pia!!! Pode explodir a casa toda!! Pergunte para qualquer bombeiro, ele vai ter um troço quando ver essa foto…Não pode!! Coloca um colherzinha até sair toda a pressão!

  13. […] – Deixe cozinhar até a água secar e reserve- neste link já ensinamos a fazer o arroz! […]