will you marry me?

Casais!

O pedido de hoje é um fofo! O noivo arrasou, né?

Ahhh e uma coisa, aproveitem esse final de semana para descobrirem as novas ferramentas, layouts, tudo novo lá no “site dos noivos” no casar.com!! Estão demais!

“De uns anos pra cá conheci o Say I Do! Eu já tinha planos na minha cabeça e ficava delirando lendo a coluna “Will you marry me?”. Pois é, chegou a minha vez. E eu compartilho aqui com vocês…

 Eu sou a Naty, a Naty do Fer… Na verdade, nunca quis ser a Naty de ninguém, nunca fui o tipo apaixonada e romântica que um dia sonhava em se casar.  Mas aprendi que “o mundo dá voltas” e no nosso caso ele literalmente deu.

Conheci o Fer com 15 anos quando meus pais se mudaram de SP para Jundiaí. Logo que cheguei fiz alguns amigos e o Fer estava entre eles. Sempre tivemos uma conexão muito forte de amizade, e isso não enfraqueceu mesmo quando ambos começamos a namorar outras pessoas.

O tempo passou e de repente estávamos os dois solteiros. E então…. Ficamos! Eu tinha na época 18 anos.

A verdade é que eu inconscientemente sempre tive medo de ser feliz; fugia dos amores óbvios e seguia na busca dos complicados. E assim, me perdi de novo.

A amizade seguiu e criamos certa cumplicidade; trocávamos emails quase que diários, divagando sobre assuntos diversos; nossos relacionamentos complicados, o futuro, as incertezas da vida… E seguimos ambos comprometidos, em relacionamentos longos e conturbados.

Assim, quase 3 anos se passaram… O carinho ainda exista, mas o contato obviamente já não era mais o mesmo. Coisas que o tempo faz com a gente. Ele recebe então a notícia que seria transferido para trabalhar na Alemanha…  Sua festa de despedida seria em pouco tempo, na chácara da família.

Eu fui “solteira” e ele também.

No final da festa, ele me leva até a sala; “queria conversar”. E então….. Ele se declarou! (pra ser bem sincera, eu sempre soube! Acho que o medo me fazia ignorar os sinais que sempre foram tão óbvios pra tanta gente).

Não sabia o que pensar e nem o que dizer. Me lembro de algumas frases de impacto que ficaram em minha mente por longos meses… “Você pode não acreditar, mas você ainda vai ser a minha Naty. Não sabemos como somos juntos, você pode pensar que nunca daria certo, mas eu tenho certeza, eu simplesmente tenho. E então quando isso acontecer, eu vou casar com você”.

Como assim?! Impossível! A gente não tinha nada em comum, não frequentávamos os mesmos lugares, não gostávamos das mesmas coisas e as nossas personalidades eram completamente diferentes.

Fiquei muda e no final da noite quando ele estava indo embora, pensando muito em tudo entreguei um bilhete que dizia; “Boa sorte gracinha, e há quem diga que o mundo dá voltas”. Eu não queria dizer “não”.

E então, ele foi embora. Voltou algumas vezes de férias, e nunca mais tocamos no assunto.

Um ano e pouco depois, resolvi estudar fora. Em outro país; no mesmo continente.

Tempos depois, começamos a nos falar, e então ele decidiu me visitar. E eu não fazia ideia que aquela simples visita seria o início de uma história de cumplicidade, paixão e muito amor. O mundo começou a dar a sua volta e o velho continente me transformou.

Os anos foram se passando e todo aquele medo bobo de compromisso ia ficando cada vez mais distante.

Assim, 4 anos depois estávamos de volta ao Brasil. A ideia do casamento começou a surgir naturalmente e então começamos a ver apartamento. Encontramos o nosso canto próximo ao final do ano passado. Mas com toda a burocracia a entrega das chaves estava demorando a acontecer. Eu já imaginaria que o pedido viria, mas não sabia quando e nem como.

E então no começo de uma semana de outubro; uma amiga me convida para ir a um bar só com mulheres na sexta-feira. Achei estranho um convite assim com tanta antecedência, mas confirmei.

Não nos vimos a semana toda e mal nos falamos, e eu só imaginei que ele estava realmente muito atarefado no trabalho.

Então, já era sexta-feira. Comecei a me arrumar e aproveitei pra colocar o meu salto mais alto do mundo. * Aquele que eu só uso quando não estou com ele! Antes de sair, tirei uma foto no espelho e mandei pra ele! (Look da noite!). Ele não me respondeu. Pensei: poxa, ocupado mesmo!

Entrei no carro da minha amiga e seguimos; entramos na rua do apartamento que havíamos acabado de comprar! Eu olhei pra ela e disse: Mi, este é o nosso prédio! Ela então parou o carro e disse: “Então é aqui que você desce!”.

Fiquei muda.

Ela me entregou um cartão com a letra dele que tinha apenas o endereço do nosso prédio e nada mais. Fui subindo pelo elevador sem conseguir raciocinar. Mas já sabia o que me esperava. Na porta do nosso apartamento um bilhete: Siga as fotos! Quando entrei tive certeza! Vi ao meu redor fotos e mais fotos de todas as nossas viagens ao redor do mundo. Nossa música ao fundo e em cada foto uma declaração! (que obviamente eu só consegui realmente ler depois de tudo).

As fotos me levavam a escada e ao final dela havia uma mensagem e uma venda. Subi as escadas, respirei fundo, coloquei a venda e esperei. Quando retirei a venda, vejo ele; de joelho, com os olhos marejados e quase sem conseguir falar, dizer:

 “Você quer se casar comigo?”. 

E eu disse; SIM! Com toda a certeza do mundo, sem medos e leve! Eu já era a Naty do Fer, há muito tempo! Mesmo antes de imaginar ser. Entendi que o amor não te traz angústia, nem dor. È um estado de êxtase constante, regado de paz. Eu havia encontrado tudo que um dia eu sempre quis e nunca pensei ser possível. Para os realistas como eu a felicidade é sempre questionada. Mas aprendi que não precisa ser, ela apenas é. Simples assim.

Ele me contou que havia recebido as chaves do apartamento semanas antes e havia planejado aquilo tudo a semana toda que não conseguiu me ver, por medo de entregar a surpresa! (Ele é desses que não guarda segredo!)

Nos casaremos dentro de aproximadamente 6 meses. E neste dia, eu sei que o mundo completará sua volta e não sairá mais do lugar. Eu simplesmente sei.”

01 (2) 04 03 02

Gostaram? Fofo, né?

Say I Do.

Comente este Post

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentários

  1. Lindoooo!!!! amei demais!!! eu como muitassss leitoras daqui, acompanho sempre o blog, desde o início! amo todos os posts Cami! beijos, continue sempre com esse blog que nos enche os olhos e transborda o coração!!!

  2. Ahhhh minha amiga, que lindo ler você contar essa história !!!!
    Amo vocês!
    Bjus

  3. Que surpresa para uma sexta a noite! O noivo até chorou!! Parabéns pelo trabalho lindo! O Say I Do faz parte do dia a dia de muitas mulheres. Uma alegria sem tamanho ver a nossa história publicada aqui.
    Beijos, a Naty do Fer

  4. Simplesmente lindo!!!!

  5. Lindo!! Parabéns pelo momento!! Sejam felizes!!

  6. que texto mais lindo! um dos muits que nos faz ficar com os olhos marejados!

  7. que texto mais lindo! um dos muits que nos faz ficar com os olhos marejados!

  8. que texto mais lindo! um dos muits que nos faz ficar com os olhos marejados!