will you marry me?

Casais, vejam que fofa essa noiva! A história desse casal só reforça ainda mais que o importante é o momento entre o casal e o sentimento na hora! Espero que gostem!

“Eu tinha acabado de me mudar para BH, não queria namorar, não queria conhecer ninguém… Queria focar na minha vida profissional e fazer com que minha entrada na primeira Cia. De Dança profissional me levasse para fora do país! Cheguei dia 30 de Janeiro e no dia 14 de Fevereiro foi o primeiro dia que sai em BH. Às meninas que moravam comigo estavam animadas e eu queria pijama, estava sem paciência para música, bebida e não queria conhecer ninguém (não se esqueçam deste detalhe). Mas depois de muita insistência concordei em sair… Elas falaram de um lugar que chamava Major Lock, não animei, mas era voto vencido e resolvi ficar calada. Chegando lá vi que a banda era reggae, eu fiquei muito feliz #sqn, rsrsrsr.

Como comentei eu tinha falado que não queria conhecer ninguém, certo?! Então neste dia foi à coisa mais engraçada até o Papa chegou para conversar comigo, mas até o Papa era esquisito, assunto chato e nada interessante… Foi quando resolvi ir ao banheiro que a história mudou… O banheiro feminino e masculino eram um de frente para o outro e com isso a fila era mista, eu era a última da fila, quando faltava uma menina para eu entrar passou um casal cheio de amor e entrou no banheiro masculino, (confesso que chocada porque nunca foi uma cena de filme, kkkkkkkkkk) eu e a menina rimos e ela logo entrou…

Foi quando chegou uma pessoa atrás de mim… Dei aquela viradinha e só consegui enxergar dois olhos mel, logo a menina saiu e eu entrei… Quando sai, ele continuava na fila e o banheiro masculino estava ocupado pelo casal “cheio de amor”, passei por ele e falei (não sei o que deu em mim): Mocinho se eu fosse você iria ao banheiro feminino porque o masculino vai demorar… Virei de costas e fui ao encontro das minhas amigas…

Depois de algum tempo, olhei para trás e aqueles olhos cor de mel estavam em cima de mim, me agradecendo. Confesso que senti o rosto quente e o sorriso congelado. Começamos a conversar, foi à primeira conversa interessante daquela noite, mas achei que por mais que aqueles olhos cor de mel me puxassem, aquela blusa do Bob Marley não iria combinar comigo e aquele rostinho era muito novinho. Foi literalmente quando ele me puxou e deu um beijo…

Na hora de despedir ele falou: Oh Lelé (ninguém nunca tinha me chamado de Lelé) minha bateria acabou, mas me passa seu cel? Pensei, ele nunca vai me ligar porque essa desculpa da bateria é velha e eu também não estou preocupada porque tinha certeza que não iria dar em nada… Passei o numero, mas sem preocupação!!!

Passaram 2 dias, ele ligou e combinamos de sair no meio da semana… Ele me buscou e quando entrei no carro eu pensei meu Deus ele é muito novinho! Rsrsrs… Pensei que ele iria me levar para um japa, cinema ou algo assim! Ele rodou, rodou e rodou e parou numa praça muito conhecida em BH, Praça do Papa, comemos um cachorro quente e ficamos sentados conversando, foi quando ele disse “nunca namorei, não quero namorar e nenhum amigo meu namora” e eu pensei: menino quem não quer namorar sou eu! (os dois pensando que estavam com a razão). Depois descobri que ele era apenas 1 ano mais novo (muito alivio neste momento, pensei que ele tinha 20 e eu estava com 24), depois de algum tempo ficamos calados em um silêncio absoluto e eu pensei: Não estou desconfortável, pelo contrário é bom ficar assim. Quando chegamos à porta da minha casa ficamos só no: bom carnaval!

Passou carnaval e ele ligou chamando para sair, mas como eu estava na casa da minha mãe e não deu certo. Combinamos de sair na semana seguinte. E ficamos assim umas 3 semanas saindo em dia de semana e no final de semana nem encontrávamos.

Eu estava meio insegura de investir no relacionamento, pois achava que ele era imaturo, novo e não queria envolver com ninguém se não fosse para construir uma relação forte e verdadeira. Foi quando ele sumiu, não mandou msg Domingo e nem Segunda (era o dia de fazer contato, rsrsrs), quando foi na Quinta ele mandou msg às 22h30 eu já estava na cama, mas para dar o troco (eu nunca confessei isso, ou melhor, estou confessando, Amor) li a msg e não respondi, quando deu 00:20 ele mandou: Pow Lelé, não vai me responder? Ai eu tive a certeza, ele era o menino/homem que eu precisava!!! Nesta semana saímos sexta, repetimos sábado e no domingo e depois disso não separamos mais!!!

Sei que prolonguei muito como tudo começou, mas quando penso em tudo que vivemos nestes 6 anos tenho vontade de viver cada momento novamente.

Desde o inicio do namoro, o Cris sempre teve certo medo da palavra casamento. No primeiro ano do nosso namoro, a irmã dele estava casando e tudo que eu fazia ele achava que era para casar. Depois de 2 anos de namoro eu comecei a falar sobre o assunto proibido, mostrava o salão que queria casar com ele, mostrava os pedidos do blog enfim tudo que tinha casamento e pedido no meio, ele não gostava de conversar mas sempre dizia: Lele eu vou casar com você e ponto final, minha família e meus amigos já sabem disso. De brincadeira sempre falávamos que casaríamos em 2015 depois da copa!

Em Abril de 2013 no feriado da semana santa viajamos com a família dele e surgiu o assunto de casamento e foi quando eu falei, eu e Cris vamos casar em Abril de 2015, só que ninguém sabia como ele me falava e foi uma surpresa boa para todos!

Depois disso começamos a olhar apartamento e em Outubro de 2013 definimos que iríamos fazer festa e fechamos o tão falado salão e fomos escolhendo tudo do casamento… Mas existia algo que me deixava triste: O PEDIDO. Foi quando fomos fazer nossa viagem de férias: Miami, Cruzeiro em Bahamas e minha amada Disney!!! Eu pensei é agora, veio Miami NADA, veio Bahamas NADA, veio Disney e NADA… Chorei e fiquei triste, mas pensei ele deve me pedir em Fevereiro no nosso aniversario de 5 anos de namoro e outro vez NADA. Falei, nãaao vai ser no meu aniversário e NADA novamente!!!!

Foi neste momento que eu pensei não vai me ter pedido de casamento, ele disse que não gosta dessas coisas e eu vou parar de sofrer e entender que o mais importante eu já tenho! Custei mas consegui enterrar este assunto…

Em Julho ele viajou para Califórnia com os amigos, “última viagem antes do casamento com a turma” e quando voltou ficou falando que não queria mais viajar sozinho e queria viajar pra qualquer lugar comigo!! Eu achei isso lindo. Como final de ano é complicado pra mim, por conta do festival de ballet da minha escola, ele disse vamos passar um final de semana no Rio em Setembro porque depois você vai estar ocupada com o festival, achei a ideia ótima, pois seria o último descanso.

No começo eu desconfiei, mas depois vi que era sonho meu, ele não pensou em ficar em um hotel legal, não programou nada, apenas pegou um apart e fomos, ou seja, eu tinha certeza que ele não tinha pensado e nem programado nada!

Chegamos sexta e aproveitamos praia e saímos pra jantar. No dia seguinte acordamos e fomos voar de asa delta, neste momento o coração falou: será? A razão falou: deixa de ser boba! Fizemos a coisa mais incrível que fizemos na vida e mais uma vez a danadinha da razão ganhou. Depois fomos curtir praia e no final do dia voltamos para o aptº, ficamos descansando e do nada ele vira e fala: Lelé eu tinha que te pedir em casamento né?!

Pausa silenciosa para o enfarte!!!

E continuou, “mas eu não gosto disso, não é o meu natural, não sei como fazer, acho isso bobo em relação ao que eu realmente quero com você!” E eu com os olhos arregalados pensando “ele não esta desenterrando o meu defunto… ele não esta desenterrando o meu defunto… ele não esta desenterrando o meu defunto…”

Respirei e falei: Amor não preocupa, nosso casamento está quase chegando, tudo pronto e não preocupo mais com isso!#sqn.

De noite fomos Jantar e nem a sobremesa do Paris 6 me animou, aquela conversa tinha tirado todo o brilho, pensei: quando eu tiro a ideia da cabeça ele vem e joga na minha cara que eu não vou ser pedida! O jantar foi legal, mas eu estava tristinha…

Voltamos e eu fiquei acordada a noite toda pensando como eu deveria enterrar novamente o desejo do pedido!?! Na manhã seguinte fomos para a praia e as palavras ecoavam na minha cabeça, no almoço eu não aguentei e enviei um whats para um grande amigo e nosso padrinho pedido ajuda! Ele me pediu calma e disse para entender que o Cris é muito tranquilo e que o mais importante eu já tinha!!!

Voltamos para o apto. arrumamos as malas e resolvemos descansar antes de pegar a estrada. Eu claro não consegui dormir e fui fazer o que faço todo domingo, ler o pedidos de casamento no Say I DO! Foi quando ele voltou com o assunto… Senhor porque ele estava fazendo isso comigo???

“Lelé você gosta destes pedidos né, eu sei que tenho que te pedir mas eu não… Neste momento eu interrompi e falei: Amor, eu não vou esconder que já criei expectativa, sonhei, imaginei, desejei, chorei, fiquei com raiva, enfim, mil coisas mas depois do meu aniversario eu entendi que você não era disso, que por mais que eu desejasse você não iria fazer nada. Eu enterrei isso, mas não estou entendendo porque você esta fazendo isso num dos nossos melhores finais de semana?

Lelé, eu sei que você sonha com isso e por isso eu tenho medo que se eu não te pedir e não corresponder sua expectativa você pode um dia desistir de mim.

E eu chorando falei amor o que temos é maior e por mim essa história de pedido já acabou o importante é que vamos ficar juntos… Levantei e lavar o rosto. E quando voltei ele falou: Lelé você quer casar comigo? Eu (lerda) claro amor, e ele: Não estou falando serio, quer casar comigo????

Quando eu reparei que ele estava segurando uma caixinha azul na mão!!!! Neste momento não vi mais nada fui puxada para o mundo das lágrimas, sorrisos, abraços, beijos e sim, sim, sim eu quero casar com você!!!

Às vezes nós mulheres sonhamos com pedidos mirabolantes, mas o mais lindo e perfeito é quando o pedido é feito com amor e verdade! Hoje eu não escolheria nenhum pedido diferente do meu, porque ver aquele homem que eu escolhi me pedir em casamento com lagrimas nos olhos e uma certeza na voz engasgada de choro só confirmou todo o meu amor! E hoje eu posso confirmar que aquele menino de blusa do Bob Marley e olhos cor de mel vêm realizando todos os meus sonhos desde o momento que colocou os olhos em mim!!! Ele me transforma em uma pessoa, me mostra o que é ser amada, cuidada e protegida por um homem real! Contando as semanas, dias, horas e minuto para dizer sim para o meu eterno namorado, futuro marido e futuro pai dos meus filhos!”

 1

2

7

Gostaram?

Say I Do.

Comente este Post

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentários

  1. kkkkkkk identifico total com o pedido!! passei por isso!!
    Cris e Lele são 2 peças raras! Parabens pelo noivado e Parabens adiantado pelo casamento!
    ps: Lele esqueceu de contar sobre o arrastão na praia!! kkkkkk

    1. Bella esses meninos deveriam ser irmãos!!!!!kkk
      Realmente esqueci de comentar que teve 7 arrastões na praia e que o Cris estava com a aliança na mochila!!!
      kkkkkkk
      Bjao e até o casório viu!!!

  2. Eu achei seu pedido lindo, pois foi simples e sincero. Realmente fiquei emocionada. O seu não foi nada super elaborado porque nem todos são assim e achei super legal ele ser postado aqui entre tantos outros pedidos porque é importante mostrar que todos os pedidos tem o seu valor e não precisam ser hollywoodianos para serem especiais! Realmente criamos muitas expectativas. Que sejam felizes!

    1. Muito obrigada Tatiana!!! Realmente fiquei muito feliz que um pedido simples tenha te emocionado! Grande beijo

  3. e eu que me caso agora dia 14/03 e ainda não fui pedida em casamento? esuhseuhesuh realmente, tem homem que não nasce pra fazer isso
    bejinho

  4. Ca, estou muito feliz que você tenha postado meu pedido!!! Fiquei super emocionada quando minha aluna chegou na escola e contou tia lele seu pedido de casamento está no blog say i do!
    Apesar de vários erros no texto ele foi feito com muito carinho… E saber que um pedido, simples mas verdadeiro, meu está entre tantos pedidos maravilhosos me faz deixa emocionada e de uma certa forma preparada para o grande dia! Passei alguns anos lendo o seu blog e esperando que um dia chegasse minha vez e hoje estamos na marca dos últimos 30 dias! Camila obrigada pelo carinho e amizade mesmo que pela internet!
    Que venha o casório! Que venha dia 18 de Abril!
    Beijos!!!

  5. Lelé, assim, legal sua história, mas não acho justo o cara falar: “ah, não sou disso, toma essa caixinha”. Claro, somos bobinhas e nos emocionamos, mas essa lerdeza dos homens é muito esquisita!
    Fora o tempo, né? Você ficou dois anos armando o casamento, viajou para vários lugares e o cara não pensou em nada? Eu acho mancada.
    Mas tem também aqueles caras que armam uma cena de cinema e traem suas namoradas, rs! Nunca dá pra saber!
    Desejo muito amor e muita luz ao seu casamento! E que você continue inspirando seu agora marido a ser uma pessoa melhor e mais atenta a você, rs!

    Beijos.