will you marry me?

Casais, tudo bom?

Primeiro de tudo, noivinhas do nordeste, começa hoje o CASAR Recife, espero todas la! Quem ainda não tem ingresso por garantir aqui!

O pedido de hoje é muito fofo, espero que gostem!

“Sempre li os pedidos de casamento tentando imaginar como tinham acontecido – mergulhando nas histórias cheias de detalhes contadas pelas noivas – e só esperando e sonhando como seria o meu e quando chegaria a minha vez! E a minha vez chegou… E foi lindo e especial, do jeitinho que eu sempre sonhei!

Antes vou contar um pouquinho da nossa história!  Eu e o Renan nos conhecemos há muitos anos atrás… De uma forma bem diferente, digamos “tecnológica”, rs. Eu tenho 24 anos e ele 28. Eu sou de São Paulo e ele do interior… Mas acredito que quando duas vidas e duas almas precisam se cruzar, Deus dá “aquele” jeitinho e os nossos caminhos tomam os rumos certos.

Há uns 13 anos, eu ainda estava na escola – no ensino fundamental – e tinha um amigo que cursava o ensino médio e se chamava Renan! Na época, o bate-papo do momento era o ICQ (quem lembra?) e na minha inocência de 11 anos de idade, eu simplesmente escrevi “Renan” na busca do ICQ e acreditei que obviamente apareceria o Renan que eu procurava, o amigo da escola, rs. Mas não!! Apareceu outro Renan… O Renan do interior de São Paulo, que até o momento nada tinha a ver comigo, rs. Eu perguntei se ele era o Renan do Externato e ele, com na época uns 14 anos, me disse: “Não sou, mas espera aí: você estuda em um internato?”, kkk… E aí começou uma amizade “virtual”… Daquelas que nossos pais sabiam, estavam cientes dos nossos papos na época de internet discada, daquelas amizades que parecia que nós já nos conhecíamos há séculos. E com o passar dos anos fomos crescendo, conversando, vivendo… e aprendendo! Mas nada de nos conhecermos pessoalmente. Aos 18 anos, o Renan veio estudar em São Paulo, mas as conversas foram diminuindo… E resumindo: depois que voltamos a nos falar (alguns anos depois), nós finalmente nos encontramos e, a partir daí, daquele 16 de maio de 2010, nunca mais nos separamos!

Mas vamos ao pedido… Eu esperava esse momento há tempos… Tivemos diversas oportunidades em lugares lindos e especiais que eu tinha certeza que ficaria noiva, mas nunca acontecia. O Renan me disse depois que eu não podia desconfiar! No dia que completamos 5 anos de namoro, estávamos em uma viagem no Caribe… Um lugar maravilhoso, mas nada do pedido! Enfim, o pedido: Nós temos um casal de grandes amigos que sempre compartilhamos nossos melhores momentos. Somos super amigos e saímos sempre para jantar… Esses amigos irão se casar e nós seremos padrinhos, e então tudo sobre esse universo de casamento sempre acaba sendo compartilhado conosco – afinal eu e o Renan sempre falamos de casamento – ele mais do que eu, rs!

Esse casal foi fundamental para que o meu pedido acontecesse: eles combinaram tudo com o Renan e foram muito artistas, kkk… Como eles já fecharam quase tudo da festa deles, certo dia essa amiga veio me falar que eles ganharam do buffet um jantar no Terraço Itália para 4 pessoas válido para o dia tal. Ela me enviou um convite – feito pelo noivo dela, e eu não desconfiei de nada – super lindo escrito “Parabéns, vocês ganharam um jantar (com todas as informações)… Convide um casal especial e curtam este momento!”. Eu fui correndo contar pro Renan que eles tinham ganhado e tinham convidado a gente, ficamos super felizes e topamos na hora.

Um dia antes do jantar, minha amiga me mandou msg me perguntando se eu já tinha escolhido uma roupa para o jantar, pois ela estava escolhendo um vestido para ela naquela hora… No domingo (dia do jantar), nós já tínhamos combinado um horário e eu já estava pronta, então avisei minha amiga que estávamos saindo. Ela disse que tudo bem, estava secando o cabelo, mas já estava terminando… E, por sinal, estava brava com o noivo dela, pois ele já tinha tomado banho, mas inventou de jogar uma água no corpo de novo, rs… Até aí eu sem desconfiar de nada!! Super convincentes.

Chegando ao restaurante, minha amiga me liga desesperada dizendo que ela estava brava com o noivo, mas que na verdade ele estava passando mal no banheiro e não tinha ido tomar outro banho. Disse que provavelmente era pedra no rim mais uma vez e que eles estavam correndo para o hospital – e realmente o telefone estava com um sinal muito ruim. Eu fiquei apavorada e disse que íamos encontrar com eles no hospital, mas aí ela disse que ia ligar para o restaurante para avisar o ocorrido e que iria apenas um casal para o jantar.

Eu estava super preocupada com ele, mas o Renan me convenceu a ficar. Quando subimos, a reserva realmente estava no nome do noivo da minha amiga, e a nossa mesa era a mais maravilhosa do mundo. Ficava bem no encontro das duas paredes de vidro, onde a vista era muito privilegiada…

Curtimos o jantar e o Renan estava – como sempre – super romântico. Me falou coisas lindas durante todo o jantar e foi uma delícia! E, claro, a cada 30 minutos, minha amiga mandava msg dizendo que eles já estavam no pronto-socorro, que ele já estava fazendo exames e tudo mais. Ah, e um detalhe importante: o Renan acordou com dor de barriga no domingo (tudo mentira!), rs, e assim que chegamos no restaurante ele teve uma dor muito forte (#sqn) e precisou ir ao banheiro… (Tudo isso para entregar o meu anel e deixar o dinheiro para o buquê, que já estava combinado). Ele disse que como sou ultra desconfiada, ele realmente foi até o banheiro e lavou a mão só pra eu não perceber nada, caso eu perguntasse como era e tudo mais, kkkk…

Na hora da sobremesa, eu quis um mil folhas e o Renan apenas um café. Quando a sobremesa chegou, o Renan ficou assustado (eu não percebi) e pediu para que eu cortasse o doce ao meio (pois ficava mais fácil de comer) – ele ficou com medo deles terem entendido errado e colocado o anel no meio do doce, kkkk, seria um horror pra mim! Mas como o aviso era para vir junto com um “petit gateau” (pois eu sempre peço quando saímos para jantar), o Renan falou: Vamos experimentar o petit gateau daqui? E eu: Magina, não aguento… kkkk e fui ao banheiro!

Quando voltei, uns minutinhos depois, o “maitre” veio com aquelas bandejas com tampa (de filme) e perguntou: “- Aqui que pediram um petit gateau?” E eu: “Renan, não acredito que você pediu, teimoso, rs…” E aí o maitre: “- Será que estou na mesa errada? Não… Era aqui mesmo!” E colocou a bandeja na minha frente, dizendo: “- Se eu fosse você aceitaria com todo o seu coração!” Olhei para o Renan e na hora minha ficha caiu… Ele estava rindo emocionado e quando o maitre abriu a bandeja lá estava meu anel em meio a flores… Muito lindo! E foi aí que eu ouvi o tão esperado: “Casa comigo?”. Foi muito emocionante, surpreendente e lindo, do jeitinho que eu sonhava!

Hoje estamos com alguns meses de noivado, porém já vivendo esse incrível universo do noivado e dos preparativos… Participando de feiras e eventos deliciosos e quero que essa fase maravilhosa passe devagar, pois estou adorando viver esse momento.

Beijos a todas as noivinhas e futuras noivas de plantão!”

WP_20150816_21_57_54_Pro__highres

WP_20150816_20_44_35_Pro

Gostaram?

Say I Do.

Comente este Post

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentários

  1. Ca… Fiquei muito feliz em compartilhar o meu pedido no blog!
    Amei de coração. Muito obrigada!!!
    Espero que gostem…

    Beijo
    Carol

  2. Muito feliz por vocês amigos, Renan e Carol!! Parabéns por mais essa etapa e que vcs continuem felizes para sempre! Amo vocês!

  3. Lindo pedido, que seja doce essa etapa e seja eterno o amor de vcs! PARABÉNS!