Casamento Ellen & Diego

Casais,

Vejam só que LINDOOO que foi o casamento da Ellen e do Diego! Ela estava uma noiva radiante e com um vestido super clássico, mas cheio de personalidade. Apaixonante!!!

A querida Fernanda Scuracchio fez os clicks maravilhosos, que deixam a gente babando do lado de cá. Deu para sentir como se estivesse lá, junto com eles.

E, como a história do casal é incrível, vou deixar vocês com o textinho da noiva!!!!

Eu sou Catarinense e o Diego Mineiro, mas mora em São Paulo há 19 anos. Nos conhecemos muito por acaso, no estacionamento de uma festa em Florianópolis. Estava com uma das minhas melhores amigas, que inclusive é nossa madrinha, e ele com um grupo de amigos em uma despedida de solteiro (mal sabia que seria a despedida dele hahaha), isso em Maio de 2016. Até então nada aconteceu, trocamos telefones. No início de 2018 combinamos de nos encontrar novamente em Florianópolis e desde então não nos desgrudamos mais. Fui 3 vezes a São Paulo no primeiro semestre do ano, fazer cursos e visitar minhas amigas, obviamente ver ele também.

Em julho ele veio a Balneário Camboriú para o meu aniversário e me pediu em namoro, dia 15.07.2018, antecipou o voo por causa de uma reunião e saiu correndo. Pensei “pediu em namoro e sumiu”, é um acontecimento que nos faz até hoje. Por uns meses nos encontrávamos a cada 15 dias e logo estreitamos para toda semana. Um namoro de sexta a Domingo por 3 anos. Conexão ponte aérea São Paulo/Santa Catarina. Um namoro a distância tem o poder de nos por a prova muitas vezes e tudo que sabíamos é que queríamos ficar juntos!

Em julho de 2020, um mês já especial pra nós, ele me pediu em casamento. Dia 15 dizemos 2 anos de namoro, 16 compramos nosso apartamento em São Paulo, que seria nosso futuro lar, dia 17 fiz aniversário e dia 18 fui pedida em casamento. Ele preparou um final de semana no Botanique em Campos do Jordão. Além de ter desenhado o anel de noivado, escolhido a pedra e ter acompanhado o feitio dele.

Nossa música como casal é “Pela Luz dos Olhos teus”, foi a entrada das alianças e também a nossa segunda música. Somos bem clássicos. Queríamos dançar a tradicional valsa e depois dançamos a nossa música.

Para a decoração escolhemos branco e verde com orquídeas phaleanopsis para tudo. Nós dois temos absolutamente o mesmo gosto para tudo. Clássicos mas modernos. Gostamos do eterno. Queremos ter a sensação de gostar da nossa festa, cores e decoração mesmo daqui há 20/30 anos.

Como o local escolhido já tem elementos escuros no piso e paredes, pensamos em algo que deixasse o visual leve e aconchegante.
Os vasos transparentes com água comportaram as flores com cara de “ramalhetes”, a mesa dos padrinhos com o caminho de flores e um todo que buscasse aconchego.

A cerimônia foi o mais impactante pra nós, ter nossos famílias e amigos nesse momento de benção foi algo indescritível. Também a entrada na festa, agora juntos, foi muito impactante.

Decidimos tudo juntos, geralmente escuto de muitas noivas que fizeram grande parte sozinhas e se sentiram muito sobrecarregadas. Realmente não tenho o que reclamar, o Diego me ajudou em absolutamente tudo.

Nos casamos na Igreja Da Paz, Igreja Luterana, pois a minha família tem histórico luterano e o Diego gostou muito dos cultos desde o início e se tornou membro também.

A festa escolhemos a Casa Bisutti, do Grupo Bisutti, pelo layout do espaço, pé direito, localização e também pela praticidade.

Tivemos a A Vivi Gomes como assessora. Foi essencial principalmente para o bom andamento e organização do dia, tive certeza que se tivesse algum imprevisto alguém estaria resolvendo por mim

Quem fez meu vestido e véu foi a Camila Fraga de Florianópolis, em zibeline de Seda, ele não era branco óptico, mas sim um off, que é o meu tom de branco. Fiz o estudo de cor para o branco.
Sempre tive em mente esse vestido, desde criança. Única modernizada que adicionei nele foram os bolsos.
Sempre tive pavor de ver noivas fantasiadas de noiva, sem ter a sua própria identidade. Então queria algo que eu me sentisse realmente eu.

Sapato da Salvatore Ferragamo, uma marca que costumo usar e é muito confortável para os meus pés.
Acessório de Cabelo Miguel Alcade, comprei ainda antes do vestido.

Resolvi visitar o ateliê e me deparei com essas flores cravejadas e amei, foi muito curioso pois me falaram que nunca ninguém gostava delas e estavam ja há muito tempo a venda. Até refizemos o banho de ródio.
Os brincos são vivara. Aliança, aliança de diamantes e anel de noivado são da joalharia dos pais do Diego, Joalharia Brasil.

A maquiagem eu não tinha dúvidas, traria uma profissional que sempre fez as minhas maquiagens, lá na minha cidade, Massaranduba, em Santa Catarina. É um ponto muito importante e ter alguém de confiança para isso me deixou muito tranquila. A Beatriz Kleine me conhece e entende meu jeito e gosto só no olhar. Quando falei com ela, ela aceitou na hora essa aventura comigo!

O cabelo foi algo que eu não acertava, falei com alguns profissionais mas não sentia tanta confiança. Quando pedi uma ajuda para a Vivi e ela me indicou o Ulisses Cruz. Gostei dele já na primeira conversa via whats e nos apaixonamos durante o teste do penteado.

O Diego fez o terno na Camargo Alfaiataria e a camisa obviamente foi da minha marca, Baumgarten Camisas, assim como todas as camisas dos padrinhos e pais, todas da Baumgarten.
Diego escolheu um sapato marrom da Louie que casa bem com o terno azul marinho, é um sapato que ele costuma usar no dia a dia e se sente bem.

Para celebrar o casamento os pastores vieram também de Massaranduba/sc para celebrar o casamento. Foi muito especial e emocionante pra nós pois fizemos o curso de noivos com eles ficamos muito amigos. Foi uma honra ter a palavra de Deus através deles para esse dia. Ivario e Marlete Giese, um casal
Muito especial pra nós!

Decoração da igreja foi feita por um grande amigo, Rodrigo Spezia, da Lili Fiori decoração. Ele é da minha cidade em SC e sempre fez todas as minhas festas. Fez também nosso noivado, chá de cozinha e casamento civil. Como na Bisutti contratamos esse pacote fechado para a decoração da festa com a Mariana Bassi, ele veio para fazer somente a igreja.

As flores da igreja eram somente áster e folhas verdes. Um clássico e eterno em forma de colunas.
A festa teve o mix de branco e verde com orquídeas, boca de leão, rosas, lisianthus, lírios, cravos, Pinóquio e tulipas.

Como nós dois somos muito ligados a arte, criamos nossa própria identidade para tudo.
Os convites e papelaria em geral foram feitos pela Papel Estilo

Escolhi muito antes as lembrancinhas pelo fato do tempo de fabricacao delas. Foram pratinhos de porcelana “joia do dia” com decalques em ouro com o nosso conhecido “dengos” e corações, idealizado por mim e feito por uma grande amiga, da minha cidade, a Veronica da Vejo.

O bolo servido aos convidados gerou “polemica” no pré festa e não sobrou durante a festa, pois ficou perfeito! A Nininha Sigrist fez com massa de especiarias, nuts e maçã com recheio de damasco e chocolate branco. Eu sabia que não queríamos um tradicional bolo bem casado, queríamos algo gostoso de verdade.
Já o bolo que estava na mesa de doces também era verdadeiro, com recheio de pistache pois temos pavor de bolo fake. Com orquídeas em açúcar para uma decoração clássica.
Os docinhos também foram dela.

DJ Gui Reif, um super amigo do noivo que também é um Dj muito conceituado, todos amaram, animou a festa! Banda: Hana Picker. Foi mágico, os convidados estavam extasiados com a Hana e sua Banda naquele palco suspenso em cima do bar, uma voz angelical e um repertório perfeito que fizemos juntos. O noivo é muito ligado a música também e deu seus toques no repertório. A Hana veio de Blumenau/SC especialmente para o casamento.

A música da igreja foi muito especial pra mim, sou violinista, por hobby, desde pequena. Sempre toquei em orquestras e a principal delas em Jaraguá do Sul. Nosso Maestro que era como um pai pra mim, faleceu a pouco. Uma maneira de ter a música ao meu lado nesse dia e um pouco da minha história também. Era chamar meus amigos da
“Velha guarda da orquestra” aqueles que faziam parte da formação original da minha época para tocar. Eles vieram de Santa Catarina e fizeram a música da igreja. Foi emocionante em todos os momentos. As músicas de saída ficaram por conta do meu primo Igor que tocou no piano de cauda e cantou.

A Fotografia ficou por conta da maravilhosa Fernanda Scuracchio que está nos surpreendendo em
Cada foto que vemos.

O vídeo Ateliê filmes e equipe. O Wagner cuidou lindamente do nosso dia.

As daminhas foram um show a parte. Ellen e Ana Laura, a Ellen tem o nome da madrinha e levou as alianças ao lado da irmã. Desenhei o vestido delas, clássico… bem de princesa!
Comprei os tecidos e a Andressa Tibolla Atelier confeccionou.

O casamento foi pura emoção! Ter 232 pessoas que amamos ao nosso lado nesse momento tão diferente nos mostrou como somos amados. Mais de 80% dos convidados viajaram, ou de Santa Catarina ou de Minas Gerais. Foi até um “destination weeding” para muitos. Na quinta e sexta feira antes do casamento só recebíamos fotos dos amigos e familiares se encontrando no aeroporto ou nos aviões.

Ter também as minhas duas avós nesse dia, com toda a idade esforço da viagem foi muito especial. Albertina de 70 e Ilka de 86 anos. Elas se esforçaram muito e queriam muito celebrar o nosso amor.

Fizemos tudo para ser o mais confortável possível para o todos, fizemos setorização de mesas, porta máscara, máscara extras, alcool em gel individual. Vários cuidados que resultaram muito bem, nenhum caso de covid pós festa. E todos se divertiram muito a sua maneira! Algo que nos tranquilizou também foi que tínhamos no mínimo 70% da festa vacinados com pelo menos uma dose.

Além dos mimos que fizemos para convidar os padrinhos: fiz uma caixa em Linho com a inicial de cada um, idealizei e a Papercut confeccionou.

Dos padrinhos tinha: uma camisa da Baumgarten, com a pala bordada “padrinho”, a gravata para usar no dia também. Além de duas taças de whiskey da Mozart.

Das madrinhas: uma camisa chemise em linho com inicial de cada uma, uma necessaire bordada desenvolvida por mim e um coração de Murano da Jr Glass.
Quanto as cores dos vestidos das madrinhas, deixamos livre na cartela de tons pastéis.

Nosso sonho de lua de mel sempre foi um safári na África mas devido ao covid não pudemos ir. Então optamos por Fernando de Noronha, um verdadeiro paraíso no Brasil. O bom é que eles pedem teste PCR para entrar na ilha, então nós sentimos muito seguros. 10 dias de descanso e apreciação das belezas naturais da ilha. Mergulhos e uma gastronomia surreal.

Fornecedores:

Foto: Fernanda Scuracchio | Filme: Ateliê filmes | Local da festa: Casa Bisutti | Assessoria: Vivi Gomes | Vestido e véu: Camila Fraga | Sapato: Salvatore Ferragamo | Acessórios: Cabelo Miguel Alcade | Brincos: Vivara | Alianças e anel: Joalharia Brasil | Make: Beatriz Kleine | Cabelo: Ulisses Cruz | Terno: Camargo Alfaiataria | Camisas, noivo e padrinhos: Baumgarten Camisas | Decoração: Lili Fiori Decoração | Bolo e doces: Nininha Sigrist | Banda: Hana Picker | Convite padrinhos: Papercut | Eleven Bar: Espumante Cave Geisse | Buffet: Júlio Perinetto | DJ: DJ Gui Reif

Lindos!!!!

Beijos,

Say I Do

Comente este Post

O seu endereço de e-mail não será publicado.