Will you marry me?

Casais,

O pedido de hoje atrasou, mas chegou!!! E queria dizer para vocês que semana que vem vou tirar uma mini férias tá? Vamos para o interior descansar um pouquinho! Não vou prometer posts por aqui, pois eu realmente quero dar uma desligada – mas o insta e snap continuarão ok? Para quem ainda não segue, no insta @sayido e no snapchat blogsayido!!

Na semana do dia 18 voltamos a mil por aqui, inclusive com a coluna Say Baby sobre os 4 meses do Luca. Inclusive vou aproveitar para escrever por lá!

Agora vamos ao pedido…

“Conheci o Felipe na faculdade de engenharia Mauá em 2007. Éramos da mesma sala. Dentre os muitos homens que havia na sala, ele era de longe um dos mais bonitos, daqueles que fazem as meninas soltarem suspiros. Eu inclusa. Mas, na verdade, ele não fazia muito o meu tipo. Era todo cheio das gracinhas e achava que abadá era roupa. Eu de personalidade quieta e um pouco tímida nunca se quer conversei com ele neste período.

O tempo passou. Nunca mais o vi.

Foi só então em 2010, que o avistei de novo pela faculdade. Ele continuava bonito. E desta vez mais maduro e bem vestido. Especificamente em junho deste mesmo ano, durante uma cervejada da faculdade, uma amiga me avisou que ele não tirava os olhos de mim.

Já no fim da cervejada um desconhecido veio falar comigo. Conversa vai, conversa vem e qual não é minha surpresa quando de repente, aparece o Felipe se intrometendo na nossa conversa alegando que o rapaz desconhecido estudava em uma faculdade concorrente da nossa – a FEI. Foi a brecha para o início da nossa conversa, o que ocasionou depois de alguns minutos, em nosso primeiro beijo.

Depois fui descobrir que esse desconhecido era na verdade um amigo dele. Que ao perceber que o Felipe não vinha falar comigo, decidiu tomar a atitude a fim de ocasionar ciúmes no rapaz. Deu certo!

Desde então as coisas com o Felipe voaram. Viajamos uma semana depois deste evento. Conheci a família dele em um mês. Dia 9 de janeiro de 2011 veio o pedido de namoro.

Em 2014 começamos a procurar um apartamento para morarmos juntos e na família todos já perguntavam quando iriamos casar. Mas o Felipe parecia estremecer toda vez que ouvia a palavra “casamento”, o que me deixava pra lá de chateada, já que sempre sonhei em casar e não via motivo para não nos casarmos já que eu sabia que ele era o homem da minha vida e em questão de tempo iriamos morar juntos.

Bom, fomos viajar para a Europa e lá, ao meu ver, era a oportunidade perfeita para o pedido. No avião, ele comentou algumas muitas vezes que não achava que era hora de casar. Fiquei arrasada.

Depois de dois dias em Madrid, fomos para Paris.

Extraviaram minha mala e neste dia tinha uma reserva para o restaurante 58 Tour Eiffel, o qual especificava em seu site que só permitia a entrada para jantar se estivéssemos vestindo social. Foi um estresse danado e muita correria. Nosso primeiro dia e também primeira vez em Paris e estávamos os dois correndo pelas ruas a fim de achar um vestido e um casaco social (era inverno). No fim do dia, estava desanimada, cansada e até sem muita vontade de ir no tal do restaurante.

Enfim chegamos na torre Eiffel. Clima romântico, restaurante impecável e eu desacreditada. Afinal, o dia tinha sido uma catástrofe e ele já havia deixado bem claro que não iriamos casar tão cedo.

Foi quando para minha surpresa, além do vinho já escolhido, ele pediu duas taças de champagne. O coração estremeceu. Ele ria do meu aparente nervosismo ou por estar nervoso também. Foi então, em meio ao brinde que ele segurou minha mão já trêmula e perguntou: “Roberta Mormilo, você aceita se casar comigo?”

Foram exatos 4 anos, 8 meses e 12 dias depois desta cervejada que veio o tão sonhado pedido de noivado. Nosso casamento será dia 16 de setembro de 2016 e não poderíamos estar mais felizes.”

IMG_5755

IMG_5761

Gostaram?

Say I Do.

Comente este Post

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentários

  1. Amei que publicaram! Engraçado imaginar e chorar com muitas das histórias de pedidos de casamento aqui e ver o meu publicado! Amei Camila, beijos!

  2. Que história linda e casal maravilhoso! Felicidades aos noivos e muita prosperidade!